Ouça agora na Rádio

foto-locutor

Buscando...

Buscando...

Locais/Regionais

Compartilhe agora

Uberaba realiza força-tarefa para acolher pessoas em situação de rua

Postado em 28 de julho de 2021 por

Feature image

*Fonte imagem : Morador de Rua*


FRIO E ACOLHIMENTO

Por causa da previsão de frio, ação de acolhimento emergencial deste público vem sendo realizada pelas ruas do município desde às 19h dessa terça-feira (27/7)

Com a previsão de temperaturas próximas a 0ºC em todo o Triângulo Mineiro nesta madrugada (29/7), a Casa de Passagem para Migrante/Itinerante de Uberaba, que conta atualmente com cerca de 50 vagas, está com atendimento ininterrupto para acolhimento provisório de pessoas em situação de rua.

No local, o usuário tem à disposição atendimentos psicológico e social, refeição, banho, dormitório, cobertor e agasalho. Além disso, membros da Defesa Civil de Uberaba, da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Seds), do Corpo de Bombeiros e da Guarda Municipal realizam, desde às 19h dessa terça-feira (27/7), força-tarefa com ações de acolhimento emergencial de pessoas em situação de rua, 24 horas por dia. 

A ação acontece mediante a previsão de bruscas quedas de temperatura, a partir da madrugada desta quarta-feira, com duração prevista até o final de semana.

“Por conta do frio, foram disponibilizadas mais vagas na Casa de Passagem de Uberaba. O pessoal tem à disposição cama quentinha, banho e comida quentes, com toda estrutura, com assistente social e psicóloga, entre outros profissionais que podem ajudar essas pessoas a sair efetivamente das ruas”, destaca a agente de Defesa Civil, Ana Luísa Bilharinho da Silva, que ressalta ainda que a comunidade uberabense também pode ajudar o pessoal que está nas ruas acionando o serviço pelo WhatsApp (34) 99667-4451.

“A pessoa é encaminhada via abordagem social ou pode se dirigir, espontaneamente, à Casa de Passagem. O endereço é Rua Pássaro Preto, nº 55, Bairro Pontal. Nos dias seguintes, caso aceite, a pessoa é encaminhada para uma das casas de acolhimento cofinanciadas pelo município”. Com a pandemia, a Casa de Passagem está quase sempre lotada. “Se for preciso, usaremos mais espaços na cidade para receber quem estiver em situação de rua”, concluiu Ana Luísa.

Deixe um comentário

Ao enviar um comentário você concorda com nossas politicias de comentários, saiba no link ao lado. política de comentários