Ouça agora na Rádio

foto-locutor

Buscando...

Buscando...

Sem categoria

Compartilhe agora

Com taxa de ocupação de UTIs em 54%, Uberaba libera cirurgias eletivas

Postado em 27 de agosto de 2021 por

Feature image

*Fonte imagem : Uberaba*


Para realizar a cirurgia agendada, paciente terá que cumprir algumas regras estabelecidas pela Secretaria Municipal de Saúde

A Prefeitura de Uberaba informou na noite desta quinta-feira (26/8) que estão liberadas, a partir da próxima segunda-feira, as cirurgias eletivas nos hospitais públicos e privados da cidade. Isto porque a taxa de ocupação de leitos de UTI/COVID do município, medida entre a última sexta-feira e hoje, ficou em 54%.

Como primeiro requisito para a retomada das cirurgias eletivas, esta taxa, que é medida semanalmente deste o meio do mês passado, precisava ficar abaixo de 60%, considerando a capacidade total de leitos UTI/COVID que o município possui, que são 103.

A partir do início da próxima semana, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, o paciente agendado para cirurgia eletiva, conforme as regras, terá que fazer Teste Rápido de Antígeno para minimizar a possibilidade de que pessoas com COVID-19 sejam submetidas a procedimentos cirúrgicos. A Prefeitura de Uberaba assegurou também que vai promover um aprimoramento no decreto de retorno das cirurgias eletivas.

“O ajuste das normas tem como objetivo adequações pertinentes para os serviços das redes pública e privada de saúde, levando em conta a segurança dos pacientes. As normas são fruto da avaliação técnica da Secretaria de Saúde, respaldada e avalizada pelos Comitês Técnico e Estratégico de Enfrentamento à Covid-19. O porta-voz, órgão oficial do governo, trará o detalhamento das novas medidas”, diz nota da prefeitura de Uberaba. 

Outros critérios 

Para a volta das cirurgias eletivas, a Secretaria Municipal de Saúde informou que não será levado em consideração apenas o índice de ocupação de UTI/COVID. Confira todos os critérios:
No máximo 20% dos leitos cirúrgicos cadastrados no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES) do estabelecimento poderão ser utilizados simultaneamente para realização de cirurgias eletivas;
Somente poderão ser realizadas, na rede pública e privada, cirurgias cuja média de permanência não ultrapasse 2 dias de internação (Para fins de padronização e controle do tempo médio de permanência, será considerada a tabela SIGTAP)O paciente deve apresentar o teste de COVID no máximo 72 horas antes da data de internação, devendo permanecer em isolamento desde a coleta do exame até a internação

Queda nos indicadores COVID-19 em Uberaba

Há 12 dias, Uberaba registra um número de novos casos inferior a 100 – média registrada durante todo o mês de julho e nos 14 primeiros dias deste mês.

Confira o número de novos casos nos últimos dias: 

  • 15/8 (domingo) – 60 novos contaminados
  • 16/8 (segunda-feira) – 36
  • 17/8 (terça-feira) – 88
  • 18/8 (quarta-feira) – 96
  • 19/8 (quinta-feira) – 78
  • 20/8 (sexta-feira) – 70
  • 21/8 (sábado) – 91
  • 22/8 (domingo) – 25
  • 23/8 (segunda-feira) – 67
  • 24/8 (terça-feira) – 79
  • 25/8 (quarta-feira) – 106
  • 26/8 (quinta-feira) – 72

 Além disso, a ocupação de leitos UTI/COVID também apresenta redução desde o início de agosto. Segundo o último boletim epidemiológico de Uberaba, divulgado na noite de hoje, de um total de 95 leitos UTI/COVID que estão disponíveis neste momento para pacientes graves, 56 estão ocupados. Desse total, 52 são disponibilizados pela rede pública, com 34 internados. De 43 leitos de UTI/COVID da rede privada de Uberaba, 22 estão ocupados. Em relação aos leitos de enfermaria COVID, a situação é a seguinte: 42 pacientes internados em 131 leitos disponíveis.

Desde o início da pandemia, em Uberaba, foram contabilizados 39.097 casos positivos da doença, sendo que 1.267 pessoas morreram.

Fonte: Estado de Minas

Deixe um comentário

Ao enviar um comentário você concorda com nossas politicias de comentários, saiba no link ao lado. política de comentários