Mobile

Data Publicacao:    2021-05-18 16:00:56

Uberaba está entre os 47 municípios mineiros que irão receber a vacina da Pfizer/Comirnaty. Cerca de 2 mil doses serão entregues nesta segunda-feira (24) para atender o público de comorbidades. 

O Governo Municipal, por meio da Secretaria de Saúde, já está preparado para receber essas doses que chegarão ao Município durante a tarde. As doses serão entregues já descongeladas e encaminhadas à Central de Vacinas, visto que precisarão ficar apenas refrigeradas da mesma maneira que as demais vacinas, até a aplicação que deverá acontecer em um prazo máximo de quatro dias. 

A recomendação do Ministério da Saúde é que essas doses sejam aplicadas em ambiente fechado e climatizado. Com isso, a aplicação será realizada no Centro de Eventos da ABCZ, a partir desta terça-feira (25). É importante frisar que, com a alteração, esse público será vacinado apenas a pé. 

O Município seguirá com o cronograma de vacinação atendendo a pessoas de 46 anos com comorbidades, pessoas com deficiência permanente cadastradas no BPC, também de 46 anos, pessoas com Síndrome de Down, pacientes renais em diálise, gestantes e puérperas com comorbidades. 

De acordo com a coordenadora da Comissão de Vacinas, Ana Vera Abdanur, Uberaba já tomou todos os cuidados para conduzir essa vacinação, as equipes passaram por dois dias de treinamento e essas doses serão ministradas em sua totalidade dentro do prazo estipulado.

FONE: PREFEITURA DE UBERABA

Lote será o maior da história em valor e em número de contribuintes

A partir das 10h de hoje (24), o contribuinte que entregou a Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física no início do prazo saberá se vai receber dinheiro do Fisco ainda este mês. Nesse horário, a Receita Federal libera a consulta ao primeiro dos cinco lotes de restituição de 2021.

Será o maior lote de restituição da história, tanto em valor desembolsado quanto em número de contribuintes. Ao todo, 3.446.038 contribuintes receberão R$ 6 bilhões.  Desse total, R$ 5.548.337.897,41 serão pagos aos contribuintes com prioridade legal, sendo 96.686 idosos acima de 80 anos, 1.966.234 entre 60 e 79 anos, 127.783 contribuintes com alguma deficiência física, mental ou doença e 891.421 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

O restante do lote será destinado a 263.914 contribuintes não prioritários que entregaram declarações de exercícios anteriores até 28 de fevereiro deste ano. 

O dinheiro será pago em 31 de maio. A consulta pode ser feita na página da Receita Federal na internet. Basta o contribuinte clicar no campo “Meu Imposto de Renda” e, em seguida, “Consultar Restituição”. A consulta também pode ser feita no aplicativo Meu Imposto de Renda, disponível para os smartphones dos sistemas Android e iOS.

A consulta ao site permite a verificação de eventuais pendências que impeçam o pagamento da restituição – como inclusão na malha fina. Caso uma ou mais inconsistências sejam encontradas na declaração, basta enviar uma declaração retificadora e esperar os próximos lotes.

FONTE AGÊNCIA BRASIL

‘Não duvide da capacidade de um caminhoneiro’, alertou um ativista, quando apontava para os caminhões parados nas margens da BR-050

Caminhoneiros desconfiaram de áudio enviado pelo presidente Jair Bolsonaro e seguem paralisados .

Apesar do áudio do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pedindo pelo fim das paralisações, caminhoneiros seguem interditando rodovias pelo segundo dia consecutivo. Segundo o Ministério da Infraestrutura, foram registradas manifestações nesta quinta-feira (9) em 15 estados: Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná, Espírito Santo, Mato Grosso, Goiás, Bahia, Minas Gerais, Tocantins, Rio de Janeiro, Rondônia. Maranhão, Roraima, Pernambuco e Pará.

Santa Catarina registrou dois episódios de violência durante os atos: um caminhão que tentou furar o bloqueio foi apedrejado nesta quarta-feira (8). Além disso, a Polícia Militar precisou disparar tiros para o alto para conter alguns caminhoneiros, em vídeo que circula nas redes sociais.

Entidades ligadas à classe, e que atuaram em outros protestos, não aderiram aos atos dessa vez. Afrânio Kieling, presidente da Federação das Empresas de Transporte Cargas e Logísticas do Sul (Fetran-sul), diz que é uma manifestação heterogênea e que não reivindica nenhuma pauta “relacionada ao setor, é uma questão política”.

“Entendemos que aqueles que querem paralisar que fiquem em casa, mas não tranquem a estrada e impeça quem quer trabalhar. Entendemos que o direito é de cada um, mas que não pode atrapalhar o direito do outro de trabalhar”, conclui.

A categoria está dividida se comparecem ou não aos protestos. Aderiram ao movimento grupos que apoiam as ameaças de Jair Bolsonaro (sem partido) ao Supremo Tribunal Federal (STF). Eles defendem três ações diretas de inconstitucionalidade, que tratam da política nacional de piso mínimo, implementada por meio de lei durante o governo Michel Temer (MDB), que ainda não foram julgadas pela Corte. 

Em Uberaba a Manifestação na BR-050, nas imediações do Posto Zote

Pesquisadores identificaram mais um gênero e espécie de aproximadamente 80 milhões de ano, a partir de um dos muitos fósseis encontrados em Uberaba

Uma descoberta importante em Uberaba valoriza ainda mais os estudos científicos e comprova que, além de referência em gado zebu, o município mineiro é a Terra dos Dinossauros, com reconhecimento internacional. Os pesquisadores Thiago Marinho, paleontólogo, e Luiz Carlos Borges Ribeiro, geólogo, da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM), identificaram um novo gênero e espécie de um pequeno crocodiliforme do período cretáceo superior  – há aproximadamente 80 milhões de anos. “Trata-se da primeira espécie fóssil descrita para a unidade geológica denominada Formação Uberaba, cuja ocorrência se dá principalmente abaixo da malha urbana do município”, explica Thiago Marinho.

Batizado Eptalofosuchus viridi, o crocodilo, originalmente com 40 centímetros e onívoro (alimentava-se de pequenos animais e plantas), já ganhou o mundo nas páginas da publicação científica Cretaceous Research, uma das mais importantes na área de geociências. Fizeram também parte do trabalho os pesquisadores Agustín Martinelli, do Museo Argentino de Ciencias Naturales Bernardino Rivadavia (Buenos Aires, Argentina), Fabiano Iori, do Museu de Paleontologia Pedro Candolo, em Uchôa (SP); Giorgio Basilici e Marcus Vinícius Soares, da Unicamp, e André Marconato, da Universidade de São Paulo. 

Segundo o professor Luiz Carlos, que atua no Museu do Dinossauro da UFTM, em Peirópolis, bairro rural de Uberaba, o animal com cerca 40 centímetros de comprimento conviveu com dinossauros herbívoros gigantes, como os titanossauros, grandes dinossauros predadores, como os megarraptores, e pelo menos outras duas espécies de crocodilos, de hábitos carnívoros. O nome Eptalofosuchus viridi faz alusão ao apelido de Uberaba, “a cidade das sete colinas”, e a típica coloração esverdeada da Formação Uberaba. 

Um achado dessa natureza desperta o interesse de crianças, jovens e adultos, ainda mais quando vêm à tona aspectos de destaque. Luiz Carlos conta que o crocodilo viveu num ambiente muito diferente de hoje, com a região cortada por muitos rios responsáveis pela drenagem de vasta extensão. Além disso, perto de Patrocínio, na Região do Alto Paranaíba (a 168 quilômetros de Uberaba), havia, há milhões de anos, um vulcão em atividade. Uma erupção, com posterior processo de decantação, deu origem à Formação Uberaba. Na região, existe também a Formação Marília/Serra de Galga, onde já foram encontradas 13 espécies, mais jovens 11 milhões de anos do que o Eptalofosuchus viridi. Na palma da mão, os pesquisadores mostram a mandíbula do animal, pequeno no porte e gigante em história.

Descoberta

A identificação do crocodilo é recente, mas o achado tem uma longa trajetória. O fóssil foi encontrado em 1966, na escavação de um poço em um posto de gasolina na Zona Sul da cidade, às margens da rodovia BR-050. Na sequência, o material foi entregue à equipe do então Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), atualmente Agência Nacional de Mineração. No mesmo ano, o paleontólogo do DNPM Llewellyn Ivor Price recebeu o fóssil, que, a partir daí, foi integrado ao acervo do Museu de Ciências da Terra (MCT), no Rio de Janeiro (RJ).

Fragmento da mandíbula do dinossauro foi encontrado em escavações para uma obra em Uberaba

Em 2016, os paleontólogos Thiago Marinho, do Centro de Pesquisas Paleontológicas Llewellyn Ivor Price, da UFTM, e Agustín Martinelli, do Museo Argentino de Ciencias Naturales Bernardino Rivadavia (Buenos Aires, Argentina), em visita ao MCT, identificaram o pequeno bloco de rocha esverdeada contendo o fóssil. Sob empréstimo, o material foi levado a Uberaba e, em seguida, preparado pelo paleontólogo Fabiano Iori, do Museu de Paleontologia Pedro Candolo, em Uchôa. Nessa etapa, conta Marinho, verificou-se que o material se tratava de um fragmento de mandíbula de um pequeno crocodilo com alguns dentes preservados, que ainda não tinha registro naquela formação geológica.

O destino do fóssil, segundo Thiago Marinho, será o MCT. “Adoraria que ele ficasse em Uberaba, mas não pertence à universidade. Nosso objetivo é fazer uma réplica, em resina, além de uma tomografia, para que todos possam ver de perto no museu.” Vale lembrar que o Museu do Dinossauro está fechado às visitação pública desde março de 2020, devido à pandemia.
Formação Uberaba

Apesar de fósseis da Formação Uberaba serem conhecidos há mais de 70 anos, é a primeira vez que uma nova espécie pode ser descrita para essa unidade geológica. Um dos fatores que dificultam a coleta de fósseis nessas rochas se deve ao fato de que a área principal de ocorrência está exatamente abaixo da malha urbana da cidade. Uberaba dispõe de uma legislação municipal que protege o patrimônio paleontológico e não é raro, segundo os pesquisadores, que escavações para a construção civil e aberturas de poços se deparem com fósseis, como ocorreu com essa descoberta. Segundo Thiago Marinho, a divulgação dos resultados é fundamental para o futuro das pesquisas paleontológicas na cidade: “Quando a população toma ciência das ocorrências de fósseis, certamente os olhares para as rochas estarão mais atentos e é aí que novas descobertas vão surgir”.

Eptalofosuchus viridi –  alusão ao apelido de Uberaba, “a cidade das sete colinas”, e a típica coloração esverdeada da Formação UberabaQuando viveu: há cerca de 80 milhões de anosOnde e quando foi encontrado: em 1966, na escavação de um poço em um posto de gasolina na Zona Sul de Uberaba, às margens da rodovia BR-050Características: tinha 40 centímetros de comprimento e se alimentava de pequenos animais e plantas (onívoro).

Fonte: Estado de Minas

Inicialmente, a imunização contra COVID-19 em Uberaba será voltada para os adolescentes com comorbidades, deficiência permanente, gestantes e puérperas

Após avançar na vacinação da primeira dose contra COVID-19 em toda a população adulta e na terceira dose em idosos asilados, Uberaba inicia nesta quarta-feira (8/9) a imunização de adolescentes de 16 e 17 anos com comorbidades, deficiência permanente, gestantes e puérperas. A cidade do Triângulo planeja, para o mesmo dia, aplicações em idosos de 90 anos.

A única exigência para a pessoa com 90 anos receber a terceira dose é ter levado a segunda aplicação há mais de seis meses. Portanto, só vai receber a também chamada de dose extra quem recebeu a segunda aplicação antes de março. 

Tanto os adolescentes quanto os idosos de 90 anos receberão a vacina nesta quarta (8/9), das 8h30 às 16h, nas unidades de saúde e no sistema drive-thru da Funel e do Shopping Uberaba.

Quem tem 16 ou 17 anos deve ficar atento! A Secretaria Municipal de Saúde destaca que o pai, a mãe ou o responsável legal deve acompanhar o adolescente. 

Também é obrigatória a apresentação de um documento de identidade com foto, CPF, comprovante de residência de Uberaba em nome dos pais e o documento comprobatório da condição de saúde, assinado pelo médico. Este documento está disponível no site Uberaba Contra a COVID (clique AQUI). Ainda conforme a gestão municipal, a fase 1 da vacinação de adolescentes terá início com aqueles que possuem comorbidades até os 12 anos de idade. Assim que encerrar esse público, será iniciada a fase 2, com a imunização de adolescentes entre 12 e 17 anos, sem comorbidades. 

Segundo o ‘Vacinômetro’ de Uberaba, atualizado na última terça-feira (31/8), a cidade já recebeu 359.507 doses da vacina contra a COVID, sendo que 324.417 foram aplicadas: 232.091 da 1ª dose; 84.367 da 2ª dose e 7.959 da dose única. Uberaba possui 340 mil habitantes.

Envolvidos no crime ambiental em Paracatu, Noroeste de Minas, foram multados em R$ 32 mil; animais foram enviados para Hospital Veterinário de Uberaba

Por causa de uma rinha de galos em Paracatu, no Noroeste do Estado, 15 pessoas foram presas em flagrante pela Polícia Militar de Meio Ambiente. Mais de 50 aves foram apreendidas e mandadas ao Hospital Veterinário de Uberaba. Além de detidos, os suspeitos foram multados.

De acordo com a PM, as prisões aconteceram quando foi cumprido um mandado de busca e apreensão contra os organizadores de rinha de galo, na zona rural do município.

Os suspeitos foram surpreendidos com a chegada da polícia enquanto organizavam um rinha. Eles tentaram fugir, mas os militares conseguiram impedir a saída de sete veículos que transportavam galos para competição.


Com os suspeitos estavam 51 galos e quatro galinhas. Na chácara em que acontecia a rinha foram encontrados diversos materiais utilizados para a prática, como dois ringues, biqueiras, esporas artificiais, seringas, medicamentos diversos, 60 gaiolas e sacolas de transporte de galos.

Dinheiro, fichas de apostas e anotações da contabilidade também foram apreendidas no local.
As multas aplicadas a todos os organizadores somam R$ 32 mil aproximadamente.

Início de setembro em Uberaba apresentou melhores indicadores COVID do que o mesmo período do mês passado

Em um momento de melhora nos indicadores da COVID-19, como quedas nos números de pessoas internadas, mortes e novos casos por dia, além de novas flexibilizações do seu atual decreto de enfrentamento à doença, Uberaba se aproxima das marcas de 40 mil casos e 1300 mortes.

Segundo o último boletim epidemiológico, divulgado na noite desta terça-feira (7/9), foram contabilizados na cidade 39.961 casos positivos e 1.289 óbitos.
Entretanto, assim como em todo o mês de agosto, os primeiros sete dias de setembro ratificam o momento de reduções nas internações, número de mortes e novos casos. 

Ainda conforme o atual boletim, apenas três pessoas estão internadas nas enfermarias/COVID da rede particular da cidade, a qual oferece 44 leitos, sendo que no total desta ala em Uberaba, que disponibiliza 131 leitos, há 38 pessoas internadas. Já na ala de UTI/COVID do município há um pouco mais de internações: de 95 leitos disponíveis, há 49 pessoas internadas, sendo 17 na rede privada e 32 na pública. 

De acordo com levantamento da última Semana Epidemiológica de Uberaba,  feito entre sexta-feira (27/8) e quinta-feira (2/9), a taxa de ocupação de leitos de enfermaria/COVID na cidade ficou em 22%, e a taxa de ocupação de UTI/COVID ficou em 49%.

Na semana anterior a taxa de enfermaria havia ficado em 32% e de UTI em 54%. Nas últimas 24 horas em Uberaba foram contabilizados 74 novos casos e uma morte. Do dia 1º ao 7/9 foram 12 óbitos causados pela COVID. Já neste mesmo período de agosto foram 15 mortes.

Peirópolis, distrito rural de Uberaba, quase não foi atingido pela pandemia e vive um momento de aquecimento em sua economia

A pandemia parece não ter atingido o bairro rural de Peirópolis, de Uberaba, situado a 20 km da cidade e mundialmente conhecido como a Terra dos dinossauros do Brasil. No local, houve menos de 10 registros de casos positivos de COVID-19 entre os moradores e nenhuma morte.

O turismo e os investimentos têm crescido na região, que conta com cachoeiras, pousadas, restaurantes e o Museu do Dinossauro. A economia do local gira em torna desta atração, que foi construída após as localizações, desde a década de 1940, de centenas de fósseis de dinossauros em suas imediações. Um condomínio, dois loteamentos (um em construção e outro já aprovado) e empresários de pousadas e restaurantes que adquiriram, recentemente, várias grandes réplicas de dinossauros estão entre os investimentos do distrito.

O jornalista Alexandre Pereira, proprietário da Pousada Lago dos Dinossauros, além de aumentar o seu empreendimento com a construção de mais um anexo, para funcionar bar e restaurante, adquiriu também algumas réplicas de dinossauro.

“A criançada adora. Peiropolis está na contramão da crise. Ultimamente, tem vindo muitos investimentos para cá. Um dos exemplos é o Condomínio Jurassic Park, que já tem cinco casas construídas. O local conta atualmente com 18 terrenos”, contou. Além do Jurassic Park, em Peirópolis, há também em desenvolvimento o loteamento Parque dos Dinossauros, onde estão sendo construídos 148 lotes de 1 mil m² cada. O empreendimento foi orçado em torno de R$ 7 milhões.

Programa Minas Consciente tem todo o estado na Onda Verde, com exceção da macrorregião Triângulo Sul, de cidades como Uberaba e Araxá

Ainda não será desta vez que todo o estado mineiro estará na Onda Verde, a mais leve do Minas Consciente, do governo estadual. Com novas deliberações que passam a entrar em vigor a partir de sábado (4/9), o programa prevê apenas uma macrorregião na Onda Amarela: a Triângulo Sul.

Todas as outras macorregiões do estado estão na fase mais branda do programa: Triângulo do Norte, Nordeste, Leste, Centro, Centro-Sul, Oeste, Sul, Sudeste, Vale do Aço, Jequitinhonha, Norte e Noroeste. O plano do governo estadual leva em consideração indicadores locais – como ocupação de leitos e taxa de transmissão do vírus – para determinar as fases.

As deliberações do Comitê Extraordinário de MG da COVID-19 foram aprovadas nessa quinta-feira (2/9) e valem a partir de sábado (4/9). 

Uberaba e Araxá

 As duas principais cidades da Triângulo Sul, Uberaba e Araxá, registraram queda nos indicadores da COVID-19 e, inclusive, reduziram o número de leitos de UTI oferecidos para o tratamento da doença: Uberaba passou de 103 para 95, no meio de agosto, e Araxá de 20 para 12, no início deste mês. Os hospitais das dessas duas cidades atendem pacientes com COVID de grande parte dos 27 municípios do Triângulo Sul.

Os pacientes dessas cidades menores também procuram atendimentos em hospitais do interior de São Paulo, como, por exemplo, Barretos e São José do Rio Preto.  Uberaba registrou, entre a última sexta-feira (27/8) e ontem (2/9), a seguinte ocupação dos leitos de UTI/COVID: 57% na rede pública e 44% na rede privada.

Os índices, inclusive, viabilizaram a retomada das cirurgias eletivas na cidade – entre requisitos, está a obrigatoriedade do índice de UTI/COVID ficar abaixo de 70%.  Já Araxá registra 50% de ocupação de UTI/COVID. Apesar das quedas e desses números das duas principais cidades, o Governo de Minas preferiu manter a macrorregião na Onda Amarela.

Uberaba anunciou que vai aplicar a terceira dose de vacinação contra COVID-19 a partir de quarta-feira (1º/9). Os idosos asilados serão os contemplados. A cidade no Triângulo Mineiro registrou a morte de um idoso de 80 anos nesta terça (31/8) após surto de COVID-19 em asilo.

Também amanhã estão convocados para se vacinar os jovens de 18 anos que, por algum motivo, ainda não compareceram para receber a primeira dose. A vacinação para esse público foi liberada no sábado (28/8) e a cidade aguarda apenas os faltosos para finalizar a aplicação inicial em toda a população adulta.  

No final da tarde de ontem (30/8), a Superintendência Regional de Saúde (SRS) Triângulo Sul informou que chegou uma nova remessa com 10.620 vacinas da 1ª dose e 9.222 da 2ª dose, que serão distribuídas para 27 cidades desta região amanhâ (1º/9). Para Uberaba serão repassadas 4.572 vacinas da 1ª dose e o mesmo número – 4.572 – da 2ª dose.

Aplicação da 3ª dose

 A Secretaria Municipal de Saúde de Uberaba informou que os idosos em asilos receberão como terceira dose contra COVID-19, preferencialmente, Pfizer. Como alternativa, poderão ser aplicados imunizantes da Janssen ou AstraZeneca.Continue sempre bem informadoASSINE O ESTADO DE MINAS Ainda de acordo com a Saúde de Uberaba, as equipes de vacinação do município vão se deslocar até os asilos na manhã e tarde desta quarta-feira para proceder com a imunização dessas terceiras doses aos idosos. 

“A aplicação da dose de reforço da vacina para todos os idosos acima de 70 anos deverá ser administrada 6 meses após a última dose do esquema vacinal, considerando a 2ª dose ou a dose única”, explicou a pasta. O Ministério da Saúde anunciou recentemente a necessidade de reforço na imunização em idosos acima de 70 anos, já que, mesmo com o avanço na vacinação, esse público ainda representa a maior parcela da população com vulnerabilidade para o enfrentamento da COVID-19. 

Vacinação dos outros públicos

 Na quinta-feira (2/8), ocorre na cidade do Triângulo Mineiro a imunização da 2ª dose, conforme a data agendada no Cartão de Vacinas, com as doses de Coronavac e AstraZeneca, que serão aplicadas nos drives da Funel e Shopping Uberaba, além de unidades de Saúde. Já as aplicações de primeiras doses da Pfizer estão liberadas para ocorreram no mesmo dia na Funel e no Shopping Uberaba.

A Secretaria Municipal de Saúde informou ainda que segue no aguardo de um posicionamento do Estado quanto à possibilidade de seguir com a vacinação no público menor de 17 anos. 

COVID-19 em Uberaba

 Segundo o último boletim epidemiológico de Uberaba, divulgado na noite de hoje (31/8), de um total de 95 leitos UTI/COVID que estão disponíveis neste momento para pacientes graves, 54 estão ocupados.  Em relação aos leitos de enfermaria/COVID, a situação é a seguinte: 131 leitos disponíveis e 34 pacientes internados. Desde o início da pandemia, em Uberaba, foram contabilizados 39.433 casos positivos da doença, sendo que 1.276 pessoas morreram.

Fonte: Estado de Minas

Em 2018, nas eleições presidenciais, Bolsonaro venceu em Uberlândia com 218.367 votos (63,03%) contra Fernando Haddad, que obteve 128.070 votos (36,97%)

Pelas redes sociais, apoiadores mineiros do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) comemoraram a motociata, realizada nesta terça-feira (31/8), do chefe do Executivo federal em Uberlândia, na Zona da Mata. “A maior do Brasil”, afirmaram.

“Pessoas em Uberlândia agora aguardando a passagem do nosso Presidente Bolsonaro! Está assim em vários pontos da cidade! Ninguém vence Bolsonaro”, escreveu um apoiador.

O presidente visitou Uberlândia para inaugurar o Complexo de Captação e Tratamento de Água Deputado Luiz Humberto Carneiro. A obra reforça o abastecimento de água tratada na cidade e deve favorecer três milhões de pessoas até 2060.

Em 2018, nas eleições presidenciais, Bolsonaro venceu em Uberlândia com 218.367 votos (63,03%) contra o petista Fernando Haddad, que obteve 128.070 votos (36,97%). 
As motociatas do presidente estão ficando cada vez mais comuns. Bolsonaro participou de nove encontros até o momento. A primeira aconteceu em São Paulo, onde ele foi multado por não utilizar máscara contra COVID-19.
BH foi cogitada a ser sede de um desses eventos, mas as discordâncias com o prefeito da cidade, Alexandre Kalil (PSD), afastaram o presidente da capital mineira. 

Grave acidente na estrada de acesso ao município de Conquista/MG, envolvendo 3 caminhões. Infelizmente um motorista ficou preso às ferragens, o corpo de bombeiros de Uberaba foi acionado. Graças a Deus não houve nenhuma vítima fatal. 🙏🏻

Publicado Por:   plug-suporte

Fonte da Notícia: Rádio América FM - 99,1